Adiada audiência pública do Projeto de Concessão da Ceasa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia informa que a audiência pública para apresentação do Projeto de Concessão do Centro de Abastecimento de Salvador (CEASA) foi adiado. A atividade que aconteceria nesta quarta-feira (1) em formato exclusivamente virtual, através do canal do YouTube da SDE (https://www.youtube.com/c/SDEBahia), foi remarcada para o dia 16 de … Leia Mais




Projeto Capoeira do Forte valoriza patrimônio histórico e cultura popular

As secretarias de Turismo ( Setur) e de Cultura ( Secult) do Estado assinaram, nesta terça-feira (31), no Forte de Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o termo de cooperação técnica para a execução do projeto Capoeira do Forte. A parceria visa preservar a fortificação do século XVII e promover ações de valorização … Leia Mais



Vice-governador cumpre agenda em Brasília em prol do desenvolvimento regional


O vice-governador João Leão, atual secretário estadual do Planejamento, esteve em Brasília, nesta segunda (30) e terça-feira (31), onde tratou do apoio a projetos de desenvolvimento regional do interesse do estado da Bahia. Na agenda, estiveram em pauta projetos como a Hidrovia do São Francisco e o Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco, além das oportunidades de investimento no estado, a participação da Bahia na ExpoDubai 2020/21 e a Agenda de Desenvolvimento Territorial (AG-Ter).

A criação de novos polos de desenvolvimento tem sido defendida por Leão enquanto principal estratégia para dinamizar a economia baiana. “A Bahia é um estado com enorme e diversificado potencial econômico. Nós temos turismo, agricultura de ponta, riquezas minerais, capacidade industrial, então nosso estado precisa se tornar uma locomotiva do desenvolvimento, mas para isso, inevitavelmente, precisamos criar estratégias de desenvolvimento para o interior do estado. Viemos mais uma vez a Brasília com o intuito de somar forças para tornar o nosso estado a cada dia mais forte e capaz de promover a geração de emprego e renda que transformem a realidade dos baianos para melhor”, explica.

Ao longo dos dois dias de trabalho, o gestor esteve reunido, dentre outros, com representantes da Diretoria de Obras de Cooperação do Ministério da Defesa (MD), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) do ministério das Minas e Energia (MME), da embaixada dos Emirados Árabes Unidos e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex).

Fonte: ASCOM / SEPLAN – Secretaria de Planejamento

Foto: Divulgação

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Leão destaca protagonismo da Bahia na geração de empregos no Nordeste: São mais de 81 mil em 2021


GrandValle – Miolo – Corsino – Ponte Barra – Xique-Xique

Com saldo positivo de 81.449 novas vagas de empregos formais criados nos sete primeiros meses do ano, a Bahia lidera a geração de empregos na Região Nordeste em 2021, seguida pelos estados do Ceará (+46.129 postos) e Pernambuco (+28.165 postos). O protagonismo do estado foi destacado pelo vice-governador João Leão, secretário do Planejamento. “É motivo de muita alegria para nós constatar a posição de destaque do nosso estado na criação de postos de trabalho. Isso nos dá a certeza de que os esforços do Governo do Estado estão repercutindo na vida dos baianos”.

O resultado representa aumento de 4,78% em relação ao total de vínculos celetistas do início do ano. O crescimento do emprego celetista também foi observado no Brasil e no Nordeste, com 1.848.304 e 225.948 novas vagas de janeiro a julho, respectivamente.

    “Em conjunto, os dados dos primeiros meses deste ano confirmam a tendência de recuperação das atividades produtivas na Bahia, com a geração de postos de trabalho em todos os principais segmentos econômicos”, destaca o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães.

Em julho, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a Bahia gerou 11.373 postos com carteira assinada, decorrente da diferença entre 57.409 admissões e 46.036 desligamentos. Com este saldo, o estado passou a contar com 1.785.224 vínculos celetistas ativos, uma variação de 0,64% sobre o quantitativo do mês anterior.

Mesmo diante de um contexto sanitário mundial atípico, todas as unidades federativas do país criaram vagas no mês de julho. O país como um todo computou um saldo de 316.580 vagas, enquanto o Nordeste criou 54.456 postos – indicando variações relativas de 0,77% e 0,83% comparativamente ao estoque do mês anterior, respectivamente.

Dos cinco grandes setores de atividade econômica, todos apresentaram saldo positivo em julho de 2021: Serviços (+3.337 postos), Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (+2.843 vagas), Indústria geral (+2.464 postos), Construção (+1.550 postos) e Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (+1.179 postos). No grupamento que mais gerou vagas, o de Serviços, destacou-se a área de Atividades Administrativas e Serviços Complementares com a criação de 1.318 empregos.

De responsabilidade do Ministério do Trabalho e Previdência, os dados do emprego formal foram sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia (Seplan).

 

Fonte/Foto: ASCOM / SEPLAN – Secretaria de Planejamento

 

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Polo Agroindustrial baiano: Empresários aprovam potencial e região pode ganhar duas novas usinas sucroalcooleiras


“É uma região muito próspera. O Governo do Estado está acertando em trazer o setor sucroalcooleiro para a Bahia”. A afirmação do empresário Adriano Sabadini, do grupo J. Alves Fertilizantes, que planeja expandir investimentos na área de fertilizantes líquidos e implantar uma unidade produtora de etanol no Médio São Francisco baiano, é unânime entre os executivos de negócios que integraram a comitiva, liderada pelo vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, que visitou o Polo Agroindustrial e Bioenergético na última semana.

A J. Alves Fertilizantes é especializada em comercialização e aplicação de fertilizantes líquidos diretamente no solo. “Achei o projeto fantástico. A Bahia hoje é dependente de importação e o polo vai gerar emprego, receita e abastecer o mercado, talvez até baixando o preço. Nosso negócio é a fertirrigação, fertilizante líquido, que traz ganho produtivo para as unidades tanto de sucroalcooleiro, quanto fruticultura e projeto do vinho”, completou Sabadini.

Já Leão, destacou a importância da Bahia tornar-se autossuficiente com a construção de 11 unidades sucroalcooleiras. “Queremos produzir o suficiente para deixar de importar álcool e açúcar. Queremos botar o Estado para frente. Temos aqui investidores de Sergipe, do Espírito Santo e da Bahia, que querem implantar novas unidades de açúcar e álcool no local. Nós já temos quatro protocolos assinados, uma usina quase pronta para a primeira moagem e temos a certeza que essa viagem de negócios vai render bons frutos”, declara.

“Vejo um potencial muito grande aqui, especialmente às margens do rio São Francisco e uma coragem imensa dos Paranhos, que chegou aqui no meio dessa  área, que antes era uma pastagem e transformou isso em trabalho, muito emprego e renda para região. Isso aqui tem um potencial muito grande na região tanto para cana, quanto para outras culturas, fruticultura irrigada. Tem um solo bom, plano e água em abundância, além de muito sol, um outro fator que é muito importante”, diz Ezequiel Leite, da Usina Iolando Leite.

Com 30 anos de mercado, a usina termelétrica Iolando Leite, instalada em Sergipe, produz etanol, aguardente e energia. A empresa tem capacidade de produzir 600 mil toneladas de cana-de-açúcar. O etanol é todo vendido para Bahia e Sergipe. Já a Frutal Nordeste, do mesmo grupo, que trabalha com fruticultura irrigada, tem capacidade de produzir 500 mil toneladas de banana, coco e manga. As frutas são vendidas para todo mercado nacional, especialmente para São Paulo e alguns países da Europa. As duas empresas empregam cerca de 1,3 mil pessoas.

O empresário Marcos Euzébio, presidente do Rotary Club da Bahia, que também integrou a comitiva, tem negócios na região há 20 anos e afirma que esperava por esse momento. “Eu já esperava chegar o momento desse boom na região. Vamos ter o devido reconhecimento no mundo, porque essa região de Barra tem potencialidade hídrica, solar e quantidade de terra. Isso aqui vai ser um potencial energético eólico, solar e sucroalcooleiro e vai mudar totalmente o perfil da Bahia nesse médio São Francisco”, diz.

O Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco integra o Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável, no âmbito da Agenda de Desenvolvimento Territorial (AG-Ter), coordenada pela Seplan. Segundo a pasta, já há 16 projetos em implantação, outros 11 em análise, uma projeção de receber mais de R$ 9 bilhões em investimentos privados e gerar cerca de 60 mil empregos, diretos e indiretos.

Fonte/Foto: Ascom/Seplan 

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Leão diz que Bahia deseja potencializar e integrar produção no MATOPIBA


Durante o Seminário virtual MATOPIBA – Desafios do Cerrado Nordestino, na noite desta quinta-feira (12), o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, destacou que a Bahia tem a intenção de potencializar a integração com este importante território produtivo do Cerrado brasileiro. O evento foi promovido pela Fundação Perseu Abramo (FPA), por meio do Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas do Nordeste (NAPP-NE), e contou com a participação do governador do Maranhão, Flávio Dino, e da senadora Katia Abreu (TO), entre outros nomes.

“A Bahia, na região Oeste que integra o MATOPIBA, tem capacidade de dobrar sua produção. Nesta atual safra temos a perspectiva recorde de produção com mais de 10 mil toneladas de soja, milho, algodão, café e outras culturas. Estamos implantando o Polo Agroindustrial do Médio São Francisco, com mais de 26 empreendimentos. E a intenção é integrar o Oeste baiano ao desenvolvimento do Estado e do Nordeste”, disse Leão.

O MATOPIBA – Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia – designa uma realidade geográfica caracterizada pela expansão de uma nova fronteira agrícola no Brasil, baseada em tecnologias modernas de alta produtividade, cujo mapeamento foi feito pela Embrapa.

 

Fonte/Foto: ASCOM / SEPLAN – Secretaria de Planejamento

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Centro Gemológico da Bahia reabre ao público nesta segunda em nova sede


A Bahia possui a segunda maior reserva de gemas do país, é o quarto maior produtor de ouro, o segundo de esmeraldas e o principal produtor de quartzo rutilado.

Após um período de reformas, o Centro Gemológico da Bahia (CGB) volta a atender o público, desta vez em nova sede, na Rua Gregório de Mattos, 27, Pelourinho. O espaço é um centro de avaliação, pesquisa, difusão e valorização das gemas e jóias da Bahia.

No evento de inauguração foi assinado um acordo de cooperação técnica com as Cooperativas: Mineral da Bahia e dos Garimpeiros de Novo Horizonte para implantação da mina modelo, que ficará no primeiro andar da nova sede.

No novo endereço ocorrerão cursos de formação e aperfeiçoamento profissional, em parceria com o SENAI, nas áreas Joalheria, Lapidação, Cravação, Gemologia, Artesanato Mineral, Design de Jóias com Rhinoceros, Fundição e Modelamento/Prototipagem 3D e Gestão e Linha de Montagem para Joalheria. Na oportunidade foram entregues certificados aos alunos que fizeram os cursos de Joalheria e Lapidação.

“O Centro Gemológico está de casa nova e eu tive o prazer de assinar o termo de autorização de uso da nova sede, que fica no Pelourinho. O órgão ganha mais espaço, visibilidade e novos cursos. O centro é um importante instrumento para o estado, que é reconhecido como um dos maiores produtores brasileiros de gemas e metais preciosos, pois é daqui que saem muitos profissionais formados em joalheria”, declara o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento.

Para acompanhar a evolução da gemologia mundial, o Laboratório de Análises Certificação de Gemas do CGB, único do norte e nordeste a integrar a Rede do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Precisos (Rede IBGM) e a ter suas certificações e pereceres reconhecidos internacionalmente, adquiriu novos e modernos equipamentos. Com o testador de diamante e moissanita, um microscópio gemológico com máquina fotográfica acoplável e um espectrômetro Raman, os profissionais vão realizar com mais precisão e agilidade serviços de análise de minerais, caracterização de metais e ligas de metais preciosos. E também correta identificação das gemas, comprovação de tratamentos aplicados a elas, e detecção de substâncias sintéticas e artificiais.

“Além de possuir o laboratório reconhecido internacionalmente, o Centro Gemológico vai continuar seu trabalho de capacitar novos profissionais para atender um mercado em expansão, com demanda em alta de cada vez mais formação e modernização”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal.

De acordo com a diretora do CGB, Mônica Correa, o maior espaço da nova sede vai permitir aumentar as atividades do Centro. “Antes oferecíamos dois cursos, agora serão oito, e temos um espaço para exposições e teremos também condições de recebermos alunos de escolas para visitação”, detalhou a diretora.

Histórico

O CGB foi inaugurado em dezembro de 1995, através de convênio firmado entre a então Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (SICM) e a Associação Baiana dos Produtores e Comerciantes de Gemas, Jóias, Metais Preciosos e Afins (PROGEMAS).  A partir de setembro de 2004 sua estrutura, coordenação e manutenção passaram  totalmente para a SICM, por meio da Diretoria de Mineração. Em 2015, a SICM foi extinta, e a sua estrutura, coordenação e manutenção passaram para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SDE, por meio da Coordenação de Mineração.

“Estou admirado com o espaço espetacular e que vai poder servir muito mais do que servimos ano passado. Nós temos um comércio de jóias internacional muito grande, joia é um negócio que corre mundo então com certeza isso aqui vai dar uma projeção e vai facilitar a exportação das nossas pedras”, disse o fundador do Centro, Ruy Fonseca.

Na Bahia, a garantia de autenticidade de pedras preciosas é certificada pelo Centro Gemológico da Bahia. Contando com um laboratório gemológico e equipamentos de precisão, o CGB emite laudos, pareceres e certificados de autenticidade das gemas.

O Laboratório Gemológico do CGB é o único do Norte-Nordeste que faz parte da Rede IBGM de Laboratórios Gemológicos. Os documentos emitidos pelo Centro Gemológico são reconhecidos internacionalmente, pois a instituição é integrante da Rede IBGM que é credenciada pela CIBJO – Confédération International de la Bijouterie, Joaillerie, Orfèvrierie des Diamantes, Perles et Pierres – , entidade internacional reguladora do segmento joalheiro no mundo.

O Centro também promove cursos de formação e aperfeiçoamento profissional, além de manter programas permanentes para o desenvolvimento do setor de gemas e joias e ações de interação com as escolas e a comunidade, visando popularizar, divulgar e despertar aptidões na arte joalheira e afins.

Serviço: Centro Gemológico Da Bahia

Rua Gregório De Mattos, 27, Pelourinho

Visitação: Segunda a Sexta, Das 9h às 17h.

Entrada Gratuita

Telefone: 3326-1747

 

Fonte/Foto: ASCOM / SDE – Secretaria de Desenvolvimento Econômico

 

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.