Entrega de quadra poliesportiva e campo de futebol ampliam espaços para prática esportiva em Lauro de Freitas

Campo de futebol reformado no Capelão e quadra poliesportiva construída em Ipitanga. Os dois equipamentos esportivos, entregues pela prefeita Moema Gramacho, neste sábado (9), elevam a qualidade da prática de atividade física e garantem mais lazer à população de Lauro de Freitas. As entregas foram realizadas sem presença de público, conforme protocolos de saúde sanitária. … Leia Mais


Prefeita destaca eixos do seu quarto mandato na posse do novo secretariado

Os novos secretários da Prefeitura de Lauro de Freitas foram empossados pela prefeita reeleita, Moema Gramacho, nesta quarta-feira (6). Na nova composição do Executivo, foram criadas duas novas pastas: a Secretaria de Segurança Municipal e a Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial. As duas novas pastas atendem pleito da … Leia Mais


“Secretários têm que ter compromisso com a transparência, a competência e com a inovação”, diz prefeito eleito Genival Deolino em anúncio do seu secretariado

“O critério para a escolha dos secretários e dos dirigentes da Prefeitura se baseou apenas em ter absoluto compromisso com a transparência, competência e com a inovação. E eles estão cientes que este será um governo de todos, com a prefeitura e o cidadão trabalhando juntos para construir o nosso futuro. Nós fomos escolhidos pelo … Leia Mais


Valmir sugere taxar propriedades rurais que atuem com desmatamento e queimada ilegais em biomas brasileiros


Foto: Jonas Santos

O desmatamento e queimada ilegais, o descumprimento do Código Florestal e a invasão de terras públicas foram as três dinâmicas que deram sustentação para o novo projeto de lei (nº 5456/2020) do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), protocolizado na Câmara neste mês de dezembro. A peça altera a Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1996, com o objetivo de fixar caráter excepcional para a incidência do Imposto Territorial Rural (ITR) no caso de imóvel rural objeto de desmatamento e/ou queimada ilegal nos biomas Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal, praticadas tanto nas frentes de expansão da fronteira agrícola, como nas áreas de ocupação consolidada. Na prática, Assunção quer taxar propriedades rurais que realizam desmatamento e queimada ilegais para reduzir o ITR.

“A situação é ainda mais grave na medida em que no Brasil, sobretudo nos biomas que apresentam maior cobertura vegetal nativa, os incêndios florestais estão diretamente associados ao desmatamento. Áreas desmatadas são bem mais vulneráveis aos incêndios do que a floresta em pé, que apenas em condições de forte degradação por grilagem, exploração madeireira e mineração ilegais sofrem incêndios em proporções trágicas. Esse quadro se agravou em 2020 com os incêndios no Pantanal e com a explosão do desmatamento, pelo segundo ano consecutivo, na Amazônia e no Cerrado”, destaca Valmir. O pagamento de ITR corresponderá ao valor total do imóvel até a recuperação plena dos danos ambientais. Além de Assunção, outros deputados assinam a medida, como Nilto Tatto, deputado federal do PT de São Paulo.

Pautada em dados científicos, a justificativa do projeto apresenta informações relevantes sobre o desmatamento e que apesar da maior parte da produção agrícola do Brasil ser livre desta ação, foram identificados que 2% das propriedades rurais na Amazônia e no Cerrado são responsáveis por 62% de todo o desmatamento potencialmente ilegal. “Está claro, que até mesmo para preservar os interesses comerciais do setor e do país, esse quadro de ilegalidade precisa ser enfrentado e dizer que estamos respondendo aos fortes apelos da sociedade brasileira mobilizada em favor da preservação ambiental, e contra a práticas predatórias, do modelo agrícola dominante e a sua expansão desordenada sobre os biomas e ativos ambientais do país”, reforça o parlamentar baiano.

Assunção relembra que nos governos anteriores, o Brasil manteve desempenho ao assumir metas de mudanças climáticas e que o negacionismo do atual governo Bolsonaro significa um retrocesso para o país. “Nos governos anteriores, o Brasil vinha desempenhando um papel estratégico no desafio de reverter a mudança do clima, justamente por ter reduzido e controlado o desmatamento. No entanto, com o negacionismo climático do governo Bolsonaro, estamos perdendo o protagonismo e o não cumprimento da meta assumida pelo Brasil em 2016 perante a Convenção do Clima das Nações Unidas, no Acordo de Paris, de zerar o desmatamento ilegal no país até 2030”, completa.

 

 

 

Ascom do deputado Valmir Assunção

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Ações estratégicas de bloqueio e controle do aedes aegypti adotadas em Lauro de Freitas seguem normas nacionais


Foto: Lucas Lins ASCOM PMLF

Equipados com máscara respiratória, luvas, macacão de segurança, botas e bombas portáteis, agentes de combate a endemias de Lauro de Freitas (ACEs) treinados saem em dupla para eliminar, através de controle químico, focos do mosquito aedes aegypti principal vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus. A estratégia é utilizada nos bloqueios de transmissão quando há casos notificados ou confirmados das arboviroses em humanos.

O diretor do Centro de Controle em Zoonozes (CCZ), Ricardo Vieira, explica que as ações de controle para estas doenças são múltiplas e requerem estratégias diferenciadas de acordo com as fases evolutivas do ciclo de vida do vetor. “Diariamente os ACEs fazem o trabalho preventivo que consiste em inspeção de imóveis, orientações educativas, aplicação de larvicidas em depósitos e eliminação de criadouros”, disse.

A aplicação do tratamento espacial com as bombas portáteis ocorre após suspeita ou confirmação de casos notificados, com data de início dos sintomas nos últimos 15 dias nos Postos de Saúde do município e direcionadas ao CCZ. “Quando recebemos este documento das unidades fazemos o estudo do local e enviamos a equipe para aplicação do inseticida que tem o objetivo de eliminar os mosquitos alados. O produto é dispensado peridomicílio em todos os imóveis que estejam na área de bloqueio em raio de 50 metros tendo o ponto de origem a residência de provável transmissão”, explicou Vieira.

A estratégia para aplicação do inseticida é executada em dupla. O ACE Luciano Santos vai à frente abrindo caminho para seu parceiro. “Com a máscara respiratória ele tem dificuldade para enxergar. Por isso caminho na frente, sinalizando os obstáculos”, contou. É ele também que aborda os moradores nas residências informando sobre a atividade, orientando quanto à importância do acesso dos agentes e da participação dos moradores no combate ao vetor.

A gerente do Programa Municipal de Controle das Arboviroses, Adnélia Souza explica que o tratamento com as bombas portáteis é realizado em  ciclos de um a cinco dependendo das arboviroses e de  acordo com a vulnerabilidade da área. Ela alerta que o uso do produto químico é feito respeitando os critérios de segurança.

“Este controle não configura uma ação preventiva e não é empregado na rotina de estratégias de contenção da proliferação do mosquito por ser um potencial agressor a outros insetos importantes para o ecossistema como abelhas ou borboletas, animais e ao solo, mas integra um conjunto de atividades emergenciais para contingência do aedes aegypti”, falou.

Controle químico com Fumacê

Há situações em que mesmo com as ações de prevenção e controle,  podem acontecer os surtos ou epidemias das arboviroses. Nestes casos um reforço pode ser empregado com o uso racional de inseticidas de maior alcance com o veículo conhecido como “Fumacê”. O veículo é autorizado somente pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). “O Fumacê integra um conjunto de atividades emergenciais, seu uso é planejado, executado, monitorado e avaliado por técnicos da Sesab e a realização desta estratégia é vetada em áreas silvestres”, pontuou Ricardo.

A utilização do “Fumacê” só indicado onde existe alto índice de infestação do aedes aegypti e casos notificados das doenças.  A autorização da ação é condicionada a análise dos relatórios enviados pela Secretaria Municipal de Saúde com números de casos confirmados das arboviroses, e localidades do município que apresentam as confirmações das doenças transmitidas pelo aedes.

“É muito importante que a população entenda que este veículo só circula quando não se alcança os resultados esperados no controle da população de mosquitos e  processos preventivos. Por isso é  necessário a colaboração de todos. Em Lauro de Freitas há algum tempo não precisamos utilizar essa estratégia”, frisou.

Prevenir é a solução 

O uso indiscriminado do carro fumacê pode causar danos à saúde e ao ecossistema. Existem outras formas de controle do aedes. O vetor se prolifera em ambientes domésticos através do depósito de seus ovos em águas paradas. “Estudos sugerem que os ovos do mosquito resistem por até 450 dias, uma vez que são extremamente resistentes ao ressecamento. A eclosão do ovo ocorre quando a água entra em contato com essa estrutura”, destacou Adnélia.

Os cuidados devem ser diários. Os reservatórios, tonéis, caixas devem estar sempre tampados. Galhos, folhas e até uma tampinha de refrigerante são potenciais focos de proliferação. Use lonas para cobrir pneus, materiais de construção e mantenha garrafas com a boca para baixo. “Pequenas iniciativas surtem grandes impactos, é necessário que todos estejam atentos e façam a sua parte”, falou Adnélia.

Em casos de surgimento de sintomas como febre, manchas pelo corpo, fadiga muscular ou dores nas articulações, o paciente deve procurar atendimento médico em uma unidade de saúde de Lauro de Freitas. Através da coleta de sangue é realizado o exame que faz o diagnóstico destas doenças.

 

Fonte: ASCOM / Prefeitura de Lauro de Freitas

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.

 


Entrega do kit alimentação aos estudantes da rede municipal de Lauro de Freitas começa nesta quinta-feira (10)


Tem início nesta quinta-feira, dia 10, a 8ª etapa de entrega dos kits alimentação aos 28 mil estudantes da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. A atividade ocorre até o sábado, dia 19/12, de acordo com o cronograma disponível no endereço https://www.encurtador.com.br/vzW57.   De março até o início de novembro, a Prefeitura Municipal, por meio da sua Secretaria de Educação (Semed) entregou o total de 196 mil kits alimentação, em sete etapas. Isso implica que em todas os períodos cada aluno recebeu uma unidade, independente de pertencer ou não a uma mesma família.

A ação de entrega dos kits foi definida após publicação dos decretos municipais que determinavam o distanciamento físico, necessário para controlar a proliferação do novo coronavirus. Com esta 8ª etapa, a Prefeitura somará o total de 224 mil kits alimentação entregues aos estudantes da rede. Em cada período, os alunos também receberam um material didático que integra a rotina pedagógica construída pela Coordenação da Educação Básica, em conjunto com gestores e professores da rede.

Como explica a titular da Semed, Vânia Galvão, a medida tomada pela prefeita Moema Gramacho leva em consideração a obrigatoriedade da rede municipal oferecer alimentação escolar no período letivo aos estudantes. “Embora estivéssemos cumprindo atividades remotas, estávamos em um período letivo, então a prefeita entendeu que deveríamos buscar uma forma de honrar nosso compromisso, mesmo porque sabemos que a alimentação escolar é extremamente importante para completar a rotina alimentar de muitos de nossos alunos”, frisou a secretária.

Em função deste entendimento, os kits entregues aos estudantes foram compostos por itens da cesta básica, reunindo alimentos ricos em vitaminas, zinco, ferro, fibras, carboidratos e proteína animal. De acordo com nutricionistas do Departamento de Alimentação Escolar da Semed, a combinação dessas vitaminas e nutrientes coopera para a produção de energia e fortalece a imunidade do organismo humano, constituindo uma boa rotina alimentar.

Propriedade dos alimentos – Seja carioquinha, branco, preto, mulatinho, fradinho ou vermelho, o feijão é uma excelente fonte de fibras e minerais como zinco e ferro, que são essenciais para o transporte do oxigênio e metabolismo energético.

O alimento também é rico em aminoácido (lisina) e em vitaminas, como a B9, também conhecida como ácido fólico, que colabora para o fortalecimento da imunidade de pessoas que têm anemia falciforme – uma deformidade nos glóbulos brancos que reduz a resistência do organismo, comum em afrodescendentes, maioria na rede municipal.

A combinação do aminoácido presente no feijão (lisina), com as propriedades do arroz (fibra, carboidrato, minerais e aminoácidos essenciais (metionina)), forma uma proteína de alto valor biológico. Além de saborosa e nutritiva, a mistura de feijão com arroz faz parte da rotina alimentar dos brasileiros.

Flocos de milho e macarrão também integram o kit alimentação. São alimentos ricos em carboidratos (macronutrientes indispensável para produção de energia).  O floco de milho é utilizado no preparo de diversos pratos da culinária local, como cuscuz, simples ou temperado, bolos ou mingau, podendo ser servido nas refeições matinais e noturnas.

Tanto como macarronada, alho e óleo ou na sopa, o macarrão é uma boa opção para ampliar a geração de energia do organismo no almoço e no jantar. Já o leite é uma excelente fonte de proteína animal. Em pó ou líquido, o alimento é rico em vitaminas e minerais como o cálcio, que é essencial para o crescimento e fortalecimento dos ossos, principalmente na primeira infância.

 

Fonte e foto: Divulgação/ASCOM PMLF/SEMED

Prefeitura de Lauro de Freitas

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Restrição Noturna: força-tarefa de fiscalização em Lauro de Freitas passa a ser punitiva a partir desta quinta-feira (10)


Depois de atuar por uma semana com caráter educativo, a Força Tarefa de fiscalização da Operação de Restrição a Circulação Noturna passa, a partir desta quinta-feira (10), a punir cidadãos e estabelecimentos que desrespeitarem medidas estabelecidas nos decretos editados para conter o avanço do coronavirus. As punições vão de advertência ao pagamento de multas e outras sanções. As receitas geradas pela aplicação da multa serão incorporadas ao Fundo Municipal de Saúde.

A Força Tarefa é composta por fiscais da Prefeitura e conta com o apoio da Guarda Municipal e das Companhias Independentes da Polícia Militar que atuam no município. “É um esforço conjunto para garantir a preservação da saúde da população de Lauro de Freitas. Infelizmente ainda tem muita gente que não se deu conta da gravidade da situação”, explicou Smith Neto, secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP) e responsável por comandar a operação.

A fiscalização não se limita a circulação noturna. Durante o dia, no decorrer de toda a semana, a equipe da Prefeitura está nas ruas conferindo o cumprimento dos protocolos de segurança e prevenção à COVID-19. Além disso, caso haja necessidade de denúncia de descumprimento do decreto, o CIMU – Centro Integrado de Mobilidade Urbana continua de plantão atendendo através do número 156 / 3369-3710 ou pelo WhatsApp 98153-4034.

O decreto que prorroga prazos de medidas de enfrentamento à COVID-19 até o dia 17 de dezembro, também suspende a realização de shows, festas, raves, eventos esportivos que envolvam aglomerações e/ou possibilidade de contato, sejam de caráter público ou privado, independentemente do número de participantes. As informações completas do decreto estão no site da Prefeitura www.laurodefreitas.ba.gov.br.

 

Jornalista Mariana Cedrim
Foto Danilo Magalhães
Fonte: ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

 

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Prefeitura anuncia novas medidas para conter coronavírus em Salvador


Foto-Max-Haack_Secom

Para conter o novo aumento do número de casos de Covid-19 na capital baiana, a Prefeitura vai adotar novas medidas de combate à pandemia e proteção à vida. A apresentação foi feita pelo prefeito ACM Neto nesta segunda-feira (7), na área externa do Palácio Thomé de Souza, no Centro, ao lado do vice-prefeito Bruno Reis e do secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

Uma delas está a reabertura, até o próximo dia 20, de 40 leitos de UTI exclusivos para tratamento de casos no novo coronavírus. Desse total, 20 vão funcionar no Hospital Municipal de Salvador (HMS), em Boca da Mata; dez leitos no Hospital Salvador, na Federação; e os dez leitos restantes no Hospital Sagrada Família, no Bonfim.

Já a partir desta quarta-feira (9) até o dia 23, duas ações vão estar em vigor na capital baiana. Devido aos constantes episódios de aglomeração em Itapuã e Rio Vermelho, bares e restaurantes destes bairros deverão estar fechados de sexta a domingo, a partir das 17h.

Além disso, haverá também suspensão das atividades em cinemas, teatros e demais casas de espetáculo, assim como das atividades sociais como festas, bares e lanchonetes nos clubes sociais, recreativos e esportivos. Apenas as atividades esportivas estarão mantidas nos clubes.

Avaliação – O prefeito lembrou que a administração municipal nunca teve dúvidas em colocar a preservação da vida em primeiro lugar, tendo que tomar medidas até mesmo impopulares para evitar situações mais sérias. A estratégia de adotar essas ações na hora certa, inclusive, fez com que Salvador se tornasse um exemplo, ao conseguir enfrentar a pandemia sem colapso no sistema de saúde.

“Na fase mais crítica, foi necessária a suspensão de diversas atividades, trazendo impacto econômico. Desenvolvemos plano com governo do Estado para retomada e o principal paradigma era a taxa de ocupação dos leitos de UTI. A cidade não teria que delegar ao profissional de saúde a decisão de quem ia viver ou morrer. Não poupamos esforços ou recursos para isso, fazendo que a cidade superasse a fase mais crítica sem sofrer colapso”, disse ACM Neto.

No entanto, as situações de relaxamento das medidas principalmente pela população, com episódios de aglomerações e falta do uso da máscara ao longo do tempo, já vinham sendo alertadas devido à possibilidade de uma segunda onda de contaminação, o que já vem acontecendo em outros países e que pode ter efeitos ainda piores. “O nosso dever e obrigação é agir no tempo certo e não esperar que o pior aconteça. Por isso, desde a semana passada vinha conversando com a equipe e foi definida esta série de ações com o objetivo de lutar pela contenção da pandemia na cidade”, pontuou o prefeito.

“Esperamos que essas medidas façam efeito, até porque é necessário neste momento a gente começar a controlar esse crescimento da pandemia. Todas essas decisões são tomadas a partir de estudos técnicos com base nos dados. O desejo é acelerar ao máximo a aquisição da vacina, tanto que a SMS já foi autorizada a negociar com distribuidores para que a gente possa reservar recursos para aquisição do medicamento, tendo que ainda não há definição dos governos quanto a isso”, salientou o vice-prefeito Bruno Reis.

Virada – Devido à preocupação da Prefeitura com a gravidade da situação a ser provocada por uma segunda onda de transmissão da Covid-19, a live da Virada Salvador, que aconteceria no dia 31, foi cancelada. Nesse mesmo dia, o calçadão e praia da Barra estarão interditados para evitar aglomerações. A queima de fogos em diversos pontos da cidade, em locais que não serão divulgados por questões de segurança sanitária, estão mantidos.

“As coisas pioraram muito nos últimos 15 dias e, diante desse aumento expressivo, a entrada de 2021 não será de celebração, mas sim de preocupação. Essa é uma medida necessária para que todos fiquem atentos para o risco que estamos correndo de a segunda onda ser pior que a primeira. Por isso, sacrificar um projeto que a própria Prefeitura desenvolveu, de realizar a live da Virada Salvador mesmo com todos os protocolos sanitários e de segurança, é um recado de que nada poderá atrapalhar as medidas de proteção à vida”, declarou ACM Neto.

Números – De acordo com a análise das autoridades de saúde, nas últimas semanas, houve um aumento do número de casos de Covid-19 em Salvador, situação que preocupa principalmente pelo contexto provocado pela segunda onda de contaminação em outros países e que também estima-se que atingirá o Brasil. Na semana 40 da pandemia, referente aos dias 27 de setembro e 3 de outubro, a média móvel era de 139 casos na cidade. Já na semana 49, entre os dias 29 de novembro e 5 de dezembro, o número saltou para 351 casos.

Com relação à taxa de leitos de UTI, segundo o secretário Leo Prates, esta segunda-feira (7) registrou o índice de 77% de ocupação deste tipo de leito, contra 56% no último dia 22. A média móvel neste caso, que havia apresentado aumento de 6% na semana 48, na semana 50 já chega a 11%.

No último fim de semana, 27 pacientes positivos para o novo coronavírus nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) aguardaram regulação para os hospitais. Hoje, a cidade possui 723 leitos clínicos e de UTI para a Covid-19 nas redes municipal, estadual e rede privada contratualizada.

 

 

Fonte: SECOM / Prefeitura de Salvador

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.