Comissão de Desenvolvimento avalia retomada das atividades econômicas

Colegiado da Câmara Municipal de Salvador vem atuando com mediação A Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo e Relações Internacionais da Câmara Municipal de Salvador se reuniu na quarta-feira (7) para avaliar o trabalho de mediação da retomada das atividades econômicas na capital baiana. Durante a vigência das medidas restritivas na cidade, a comissão promoveu … Leia Mais


Aprovado projeto que considera atividade física como essencial

Iniciativa do vereador Téo Senna trata do funcionamento de academias e centros de esporte na pandemia A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária de quarta-feira (7) o Projeto de Indicação nº 07/2021, de autoria do vereador Téo Senna (PSDB). A proposição sugere ao prefeito Bruno Reis o reconhecimento da prática de atividade física, … Leia Mais


Ireuda Silva sugere que DEAMs ofereçam atendimento psicológico a vítimas de violência

Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a vereadora Ireuda Silva (Republicanos) protocolou, na Câmara Municipal de Salvador (CMS), uma indicação ao governador Rui Costa sugerindo que as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM) passem a oferecer atendimento psicológico às vítimas de violência doméstica. Segundo a republicana, casos de agressão podem provocar … Leia Mais


Augusto Vasconcelos assume presidência de comissão

O vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB) assumiu a presidência da Comissão de Trabalho, Emprego e Renda da Câmara Municipal de Salvador. O colegiado analisa matérias que tratam de geração de emprego, qualificação profissional, programas de distribuição de renda e condições de trabalho na cidade. O vereador que é ouvidor-geral da Câmara diz que vai usar a … Leia Mais



Audiência pública sobre a construção democrática do regimento escolar acontecerá nesta quinta (24)


A atividade é uma iniciativa da Ouvidoria e Comissão de Educação da Câmara junto com a APLB Sindicato

A importância da construção democrática no regimento escolar é o tema da audiência pública realizada pela Ouvidoria e Comissão de Educação da Câmara Municipal de Salvador, juntamente com a APLB Sindicato. A atividade é realizada na quinta-feira (24), às 9h, com transmissão ao vivo pela TV Câmara e no canal 64.1 da TV aberta.

Respeitando as limitações e considerando o momento pandêmico, a atividade acontece com a participação remota dos envolvidos. Aladilce Souza, Ouvidora da Câmara e vereadora pelo PCdoB, falou sobre a importância da discussão. “A Ouvidoria foi procurada pelos professores da Rede Municipal, pela inquietude na proposta que foi apresentada pelo Secretário de Educação, com o assunto voltado para o regimento escolar, na qual deixou muitos professores insatisfeitos”, comenta.

“A audiência caminha no sentido de escuta e debate, para que possamos entender a apreciação dos professores. Afinal, as medidas não podem ser implementadas sem antes escutar e sem contemplar as justas reivindicações e preocupações dos trabalhadores da educação, sendo estes os responsáveis por fazer a educação no nosso município’’, destaca Aladilce. O público pode participar através dos comentários nas redes sociais, que serão lidos em tempo real pela Ouvidora.

O quê: Audiência Pública sobre a importância da construção democrática do regimento escolar
Quando: Quinta (24), às 09h
Onde: https://www.facebook.com/tveradiocam | 64.1 da TV aberta

 

 

ASCOM : Vereadora Aladilce

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Ireuda Silva e secretário de Educação discutem implementação de programa para combater violência doméstica


A vereadora Ireuda Silva (Republicanos) encontrou-se com o secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral, para discutir a implementação do projeto “Guardiã Maria da Penha nas Escolas”. A ideia é incluir atividades pedagógicas para conscientizar alunos e pais sobre a violência doméstica e familiar.

De acordo com o projeto de indicação sobre o assunto, o programa seria constituído por atividades escolares, culturais e educacionais relacionadas ao combate à violência contra a mulher, para alunos, pais e responsáveis. “A violência contra a mulher é resultado do machismo existente em nossa cultura e que é introjetado desde cedo nas mentes de todos nós. Porém, quanto mais estimularmos o debate e a disseminação de informação, mais estaremos contribuindo para a diminuição desse mal que destrói tantas famílias”, avalia Ireuda, que é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

Ainda segundo o projeto, “o número de casos de violência doméstica e familiar contra a mulher é alarmante no País, é sabível que existe Cifra Negra quando estes crimes não chegam ao conhecimento das autoridades, pois muitas delas são coagidas psicologicamente ou fisicamente pelos seus companheiros ou agressores e por este motivo não denunciam aos órgãos competentes a fim de colaborar com a prevenção, medida interventiva e registro dos casos de violência”.

O número de feminicídios na Bahia cresceu 150% em maio deste ano, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Por outro lado, há também o registro de um dado alarmante: em maio à pandemia, as denúncias caíram 78,6% nas Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam).

Fonte: ASCOM / Vereadora Ireuda Silva

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Comissão da Mulher apresenta campanha “Marias, salvem suas vidas!” em reunião


Presidida pela vereadora Ireuda Silva (Republicanos), a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher deu largada ontem em mais uma campanha pela integridade física das mulheres: “Marias, salvem suas vidas!” durará todo o mês de março promovendo uma série de ações para alertar sobre o feminicídio, que é o assassinato de mulheres por motivações de gênero.

Entre as ações estão previstas uma sessão regimental, no dia 8 de março, na Câmara Municipal de Salvador (CMS), sobre violência contra a mulher, e blitze contra o feminicídio em várias localidades de Salvador.

De acordo com o Monitor da Violência, o índice de feminicídios cresceu 2% em 2020 em relação ao ano anterior, muito em função da pandemia, que aproximou ainda mais as vítimas de seus agressores. Do total, 73% das vítimas eram mulheres negras. “Os números são reveladores em vários aspectos, e são preocupantes, porque regredimos e algo precisa ser feito com urgência. Além disso, vemos o quanto as mulheres negras estão em condições absurdamente mais vulneráveis, mostrando o quão longe o machismo e o racismo podem chegar juntos”, diz Ireuda, autora dos projetos que preveem a criação da Guardiã Maria da Penha na Guarda Municipal e a Guardiã Maria da Penha nas Escolas. A republicana também é idealizadora do SIMM Mulher, serviço municipal responsável por capacitar e encaminhar mulheres ao mercado de trabalho.

Também são membros do colegiado da mulher as vereadoras Cátia Rodrigues, Roberta Caires, Marta Rodrigues, Maria Marighella, Laina Crisóstomo, Cris Correia e Débora Santana.

Fonte: ASCOM / Vereadora Ireuda Silva

 

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Ireuda Silva e titular da Semdec discutem estratégias para criar mais oportunidades para mulheres surdas no mercado de trabalho: “Estimular a construção da autonomia e dignidade”


Como se não bastasse o machismo que, por si só, exclui muita mão de obra qualificada do mercado de trabalho, as mulheres com deficiência auditiva também enfrentam várias outras barreiras na busca por um emprego formal e digno. Com isso em mente, a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, vereadora Ireuda Silva (Republicanos) se reuniu nesta terça-feira (09) com Mila Paes, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, emprego e Renda (Semdec), para discutir o tema.

Dificuldades para se qualificar, preconceito e falta de preparo das empresas são alguns dos obstáculos a serem vencidos. “A desigualdade no mercado de trabalho para com as pessoas surdas, principalmente as mulheres, é gritante. Chega a ser uma violação da lei que garante igualdade de oportunidade a todos os brasileiros. Por isso, é necessário que pensemos estratégias para além de estimular as empresas a abrirem cotas. Precisamos criar condições para que essas mulheres se ergam e se autonomizem na própria dignidade”, disse Ireuda.

Nesse sentido, tramita na Câmara Municipal de Salvador (CMS) um projeto de indicação da republicana que prevê a criação departamento SIMM Mulher Surda no SIMM Mulher. O objeto é promover a capacitação e inclusão das mulheres surdas no mercado de trabalho. “[…] é notória a desigualdade existente no mercado de trabalho entre homens e mulheres e em especial as mulheres surdas que possuem maiores dificuldades para ingressarem no mercado de trabalho em virtude da ausência de qualificação e o preconceito existente pelos empregadores que associam possíveis limitações como a incapacidade para o exercício de uma profissão”, diz um trecho da matéria.

<strong>Violência</strong>

Outro problema enfrentado pelas mulheres surdas de maneira muito mais intensa é a violência doméstica. Dados mostram que os casos aumentaram na pandemia, e a subnotificação pode ser maior do que se imagina. “Como as mulheres surdas vão ligar para denunciar se a maioria delas se comunica por libras?”, questiona Ireuda. Para a republicana, melhores oportunidades de emprego também podem ajudá-las a se livrar desse mal, já que terão mais condições de depender menos dos maridos.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 10 milhões de pessoas surdas no Brasil, o que equivale a 5% da população brasileira.

Também participaram da reunião nesta terça Maria Eduarda Lomanto, diretora de Trabalho e Empreendedorismo, e Vera Garcez, assessora da secretaria.

 

 

Fonte: ASCOM / Vereadora Ireuda Silva

Foto: Divulgação

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.


Suíca assume presidência da Comissão de Reparação e volta a cobrar vacinação em massa


A Comissão de Reparação da Câmara de Salvador tem novo presidente. O vereador Luiz Carlos Suíca (PT) assume o colegiado e volta a cobrar vacinação em massa contra a covid-19. Para Suíca, a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de mudar exigências dos testes da fase 3 de algumas vacinas é de fundamental importância para que a Bahia amplie o plano de imunização com a compra de mais doses com licença de algum órgão de regulamentação internacional.

“Inicialmente, mais duas vacinas poderão ser utilizadas. É uma decisão que tem em sua raiz a medida do governo estadual de atuar para salvar vidas, isso é evidente, ainda mais nesse momento em que Bolsonaro tenta atrasar a vacinação. Temos que vacinar o povo, e cuidar para que o pobre de periferia tenha acesso às doses pelo Sistema Único de Saúde [SUS], tudo isso de forma urgente. O Supremo Tribunal Federal [STF] entendeu que isso é prezar pela saúde pública”, frisa Suíca ao falar das decisões da corte sobre o assunto.

Além da presidência da Reparação, Suíca ainda assume as vices das Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Cultura. “Os trabalhos não param e a luta por melhores condições de vida e de trabalho continua intensa aqui na capital baiana. Vamos seguir com ações importantes para garantir direitos humanos e dialogar com os setores da sociedade para ampliar políticas públicas para a cultura de nossa cidade, valorizando sempre suas raízes e sua história”, completa o edil petista.

Fonte:Ascom do Vereador Luiz Carlos Suíca

Siga o nosso portal WWW.CENTRALDASNOTICIAS.COM.BR nas redes sociais de: Maryluzia Costa
Instagram: Maryluzia.Costa
Facebook: maryluzia.dinda
Twitter: @Maryluziac
Youtube: Maryluzia Costa
Contato: (71) 9.8807-1571
Diretora comercial – Marylúzia Costa
E-mail: [email protected]
Diretor Adm – Márcio Gomes
Contato : 75 9.9995-9194
CENTRAL DAS NOTÍCIAS – 24h online, levando as informações com a rapidez e credibilidade que você precisa.